Pessoas Desaparecidas
Mural de recados

Use este mural de recados público para ajudar na sua busca por aquela pessoa especial que há tempos você não encontra. Este é um serviço gratuito.

Como funciona: O mural funciona como um anúncio permanente, na Internet. Você faz aqui o seu anúncio, informando quem está procurando. Um dia, quando a pessoa desaparecida digitar o próprio nome no Google, pode ser que ela encontre este mural e leia o seu recado. Não é garantido que aconteça, mas é uma possibilidade.

Veja a lista de pessoas já encontradas com a ajuda deste mural.

Como usar: Preencha os campos abaixo e aperte o botão Enviar, que então seu recado será registrado neste mural e ficará disponível na Internet.

Dicas:

  • Muita atenção ao preencher o endereço de e-mail, não erre nenhuma letra. Se o e-mail for digitado errado a pessoa desaparecida não vai conseguir entrar em contato.
  • No seu recado, forneça dados sobre a pessoa desaparecida: nome completo, apelido, cidade natal, nome de parentes, última vez que foi vista. Assim, caso ela leia seu recado, não terá dúvidas de que é ela mesma a pessoa procurada.

Segurança:

  • Não informe dados pessoais, como o endereço de sua casa ou seu número de telefone.
  • Se precisar apagar o recado, entre em contato.
  • Lembre-se que uma pessoa mal intencionada pode entrar em contato dizendo ser a pessoa desaparecida. Muito cuidado na hora deste possível reencontro. Escolha um local público, e na dúvida, peça auxílio à polícia.

AVISO IMPORTANTE: Este é um serviço público informal, que não possui controle de acesso nem cadastro de usuários. Qualquer pessoa é livre para deixar seu recado aqui, sem a necessidade de comprovação de identidade. Por esta natureza, é impossível atestar a veracidade de conteúdo dos recados, ou sua autoria. Também é impossível garantir as boas intenções de quem os enviou. Na dúvida, desconfie. Preserve a sua segurança acima de tudo. O autor deste site não se responsabiliza pelas informações dos recados nem por seu uso pelos visitantes.

Deixe uma resposta

Dados de contato:

Seu recado:

SEGURANÇA: Não coloque seu endereço nem telefone!

CONFIRA TODOS OS DADOS ANTES DE ENVIAR.

Confira o e-mail, é por ele que as pessoas entrarão em contato.

1.953 recados

  1. Antônia laudeci Araújo da Silva (Barreira - CE)

    Procuro por Leandro Luiz apelido leao no bairro tanbauzinho joao pessoa quem procura por ele é uma ex namorada de muintos anos atrás apelido e lauda por favor se auguem puder me ajuda

  2. karla eloise florencio de lima (Mt rondonopolis - MT)

    Oi gente meu nome é karla e estou aqui para pedir ajuda de vcs pq a minha sogra esta desaparecida a ultima vez q vimos ela foi nessa data 13 06 2018 ela saiu de casa por volta das 21:00 e não volto mais o nome dela é . Ana Lúcia batista da silva tem 48 anos ela tem problemas mentais e é da cor negra é magra saiu com um vestido roxo com umas flores brancas ela mora em Mt rondonopolis se encontrarem ela por favor entrem em contato comigo por favor eu agradeço.

  3. Helen Prado (Londrina - PR)

    Procuro uma mulher que teve uma filha em abril de 1965, em Londrina-PR. Não sabemos seu nome, só que nesta época ela trabalhava para o Sr. Lino Marquetti e teve a bebê com o auxílio de uma parteira chamada Neuza Beretta. Após o parto a mãe saiu e precisou deixar sua bebê. Queremos muito encontra-la.

  4. Rita soares da siva (São Sebastião BSB,DF, CP 71669571 - DF)

    Eu Rita Soares da Silva,nascida em 25/01/1953 Quero encontrar meu irmão Adelmo Soares da Silva,nascido em 02/ 01/1951 tem hoje 67 anos,Saiu de BSB, DF em 13/04 /1971,dizendo que ia pra Goiânia Goiás, dizendo ir pra csa da irmã , Maria Dulce Soares alvez ,e que depois iria pra Santo Amaro,SP,e nunca mais voltou ,mãe, Maria Soares da Silva, já falecida. Somos pernambucanos, tem mais dois irmãos, Neuma Maria da Silva, e Cristino Tadeu Gomes Damaceno.filho deCristino Gomes Damaceno foi gari,morávamos no Gama na Praça 01 do setor Sul,perto do conjunto residencial dos bombeiros. Sempre foi meu desejo lhe encontrar, esses anos nunca esqueci vc e a data do seu aniversário. E nunca irei te esquecer,em quanto vida tiver.te amo como se nunca tivessi indo embora.

  5. Daniel matias (campo grande - MS)

    Olá boa noite. procuro por minha mãe mais só que tem um problema que tem tornado essa procura um pouco mais difícil pois eu não sei o nome dela. pois quando me conheci por gente só morava com meu pai o nome dele é Nelson Humberto matias no assentamento manjolinho na região de anastácio mato grosso do sul trabalhávamos na carvoaria. eu tinha seis anos de idade bom assim dizia ele para as pessoas que morava perto da gente. pois eu não tinha documentos. ele não tocava muito no assunto sobre minha mãe. mais as vezes ele dizia que eu era de cotia são paulo. hoje eu tenho um documento feito com base com o que as pessoas disse na época. no documento consta que eu sou de 20/06/80. mais eu não tenho tanta certeza se realmente é isso mesmo. não conheço ninguém dos meus parentes meu pai me deixou com seis para sete anos de idade com uma família que foi muita boa para mim mais elas também não tinha muita informação sobre a minha vida e até hoje nunca mais vi meu pai também. Hoje estou com 37 anos mais ainda sofro muito com a falta que ela me faz as lagrimas desse o coração sangra.mais eu tenho muita fé em Deus que um dia eu ei de realizar esse sonho. espero que tenham entendido pois minha leitura é pouca. e muito obrigado,

  6. Edmilson Silva (Belo Horizonte - MG)

    Meu pai João Alves de Souza Filho, natural da cidade de Passa Bem MG, filho de João Alves de Souza e Rosalina Ferreira de Souza, ambos já falecidos. Aproximadamente em 1956 veio morar em Belo Horizonte, na casa de sua irmã mais velha de nome Inhá, também falecida na década de 80. Há outros irmãos que nunca mais vou, chamados ; Alexandre , Iudelbrando, Alexandre e Josias. Todos mais velhos que João que hoje tem 76 anos. Para conhecimento haviam outras três filhas que vieram morar em Belo Horizonte e já faleceram, de nomes Celita, Maria e Teresa. Por favor, se alguém tiver informações destes irmãos que nunca mais se viram, fineza entrar em contato.
    Obrigado

  7. Marilucia Pereira das Chagas (Contagem - MG)

    Sou Marilucia Pereira das Chagas procurando por minha filha Cláudia Maria Pereira Chagas desaparecida desde o dia 14 de fevereiro de 2001 em Belo Horizonte MG.Hoje está com 54 anos a nossa família até hoje esperamos por notícias o pai de Cláudia faleceu em fevereiro de 2017 sem ter qualquer notícias.Cláudia saiu de casa a noite depois que teve uma discussão com duas amigas que dividiam o apartamento onde morava e essas amiga só nos procuram já no outro dia, fomos para fazer o bo era plantão e só depois de 48 história. E aí nosso calvário comecou.

  8. Carla (Maceió - AL)

    Procuro Zelia Bastos, uma mulher negra que morava em Santo Aleixo, no Rio de Janeiro, e que trabalhava como doméstica na casa dos meus pais Carlos e Angela, em Del Castilho, na rua Turiuva nos anos 60.
    Zelia Bastos tinha um filho chamado Luís Arnaldo que nasceu em 1963 e que na época Zelia queria registrar como John Kennedy…
    Se ela estiver viva, está com cerca de 80 anos.

  9. Maria Carmo de Oliveira (Santo Antônio da Patrulha - RS)

    Sou Maria Carmo de Oliveira nascida em 1949 na cidade de Sobradinho-RS procuro pelo meu irmão Danilo de Oliveira Lopes ou parentes próximos
    Qualquer informação entrar em contato pelo email colobardi@gmail

  10. Francisco alves Fernandes (Curitiba - PR)

    sebastiana francisca ribeiro, lindaura francisca ribeiro, jose francisco ribeiro,sinval francisco ribeiro, elas moram em curitiba pr e o sr sinval, conhecido com seu ducha ele mora em franca, eles estão procurando o seu irmão sr, otaviano francisco ribeiro que mora na região de minas gerais e depois ele foi embora para belo horizonte assim algumas pessoas de la de teofilo otoni mg, falaram pra elas na hora que foram la pra ver se encontravam ele, fas mais de cinquenta anos que eles não tem noticias dele,falaram que ele pode estar morando em uma cidade pra frente de belo horizonte, os irmãos dele querem encontrar urgente, por favor quem conhecer ele ou conhecer alguém da sua família por favor me avise ou fale pra elas entrarem em contato comigo,que eu darei noticias para a família.

  11. Maria Jesus (Brasilia - DF)

    Procuro Luzia Sousa costa no ano de 1969 morou em Teresina/pi foi casada com José Alves costa.

  12. Maria de lourdes da rocha cardoso (Sao paulo santo amaro - SP)

    Procuro meu pai, jose rodriques em 1959 ele morava em pernanbuco no cordeiro rua da lama proximo do joquei era caminhoneiro se enamorou de licinha alice minha mae ela era dea paraiba joao pessoa ele tinha 28 anos aprox era caminhoneiro.minha mae engravidou e nao quis contar veio para sao paulo ele ficou sabendo veio atras dela ela nao quis voltar com ele ele era galinha , diz ela. Resultado nao o conheci procuro vivo ou morto.

  13. Angelina Guiselini mendes (Curitiba - PR)

    Busco por minhas três tias e um tio que foram separados do meu pai Valdomiro Soares Mendes no ano 1974, quando minha avó Rosalina Ferreira dos Santos faleceu no parto, na cidade de São Pedro do Iguaçu, interior do Paraná, meu pai(Valdomiro Soares Mendes) e meu tio José Aparecido Soares Mendes seguiram juntos,até o ano de 1988 na cidade de Rolim de Moura, no estado de Rondônia.
    Já minhas tias Maria Valderez, Gedalia e Neuza ele ( Valdomiro) não tem contato nenhum, só sabemos que uma esta em Alta Floresta, outra em Cinop- MT. E uma estava em Santa Catarina. Caso alguém puder me ajudar eu agradeço muito, pois o sonho do meu pai e reecontrar os irmãos que há tanto tempo não se vêem.

    • Betina Barros (Campinas - SP)

      Olá Angelina!

      Vi no google que em Cacoal tem uma senhora chamada Maria Valderez Mendes da Silva, talvez seja sua tia. Porém não consegui localizar meios de contato com ela.


Anos anteriores

Para ver as mensagens mais antigas, visite o arquivo permanente dos anos anteriores.